Olhares poéticos
  1. Golden Sky
When the sun shines It makes clouds bright And leaves gorgeous signs Then, everything stays alright. -Murilo Gomes

    Golden Sky

    When the sun shines
    It makes clouds bright
    And leaves gorgeous signs
    Then, everything stays alright.

    -Murilo Gomes

  2. Na linha da Rede.
 Pesca peixe Peixe pesca Rede pesca Pesca rede Rede Pesca Peixe. -Murilo Gomes

    Na linha da Rede.


    Pesca peixe
    Peixe pesca
    Rede pesca
    Pesca rede
    Rede Pesca Peixe.

    -Murilo Gomes

  3.  The Beatles from the TOP.


    beatles

  4. O rei sol adormece
O céu azul envelhece
O olhar estremece
O coração se aquece.

-Murilo Gomes da Costa

    O rei sol adormece

    O céu azul envelhece

    O olhar estremece

    O coração se aquece.

    -Murilo Gomes da Costa

  5. Insanos Momentos

    O silêncio conta segredos

    Segredos devastados

    Devastados e desprendidos

    Desprendidos dos pensamentos

    Pensamentos caminhando

     Caminhando pelo espaço

    Espaço inundado por mentes

    Mentes unidas por sensações

    Sensações em busca da liberdade

    Liberdade confinada

    Confinada por tiranos

    Tiranos insanos

    Insanos momentos

    Momentos

    Momentos

    Momentos.

    Morremos.

     - Murilo Gomes da Costa

  6. Máscaras!?     
 Tirei a minha máscara,
E comecei a pensar comigo,
Até que ponto aguentaria
Usá-la por viver nesse sistema?
Não sei se seria de bom agrado
Um lunático com eu ter o seu disfarce ao léu.
Comecei a pensar comigo,
Porque às pessoas agradam-lhe
 Usar tais máscaras?
Parece que a vida torna-se mais fácil.
Parece que nada pode lhes afetar.
Parece que são invencíveis.
Apenas Parece.
Parei de pensar comigo.
E pus de volta a minha máscara,
Tão exigida lá fora,
Para ser bem aceito,
Para completar o evento,
Para compor a grande festa,
E fiz, então, o meu caminho
Para O “Grande Carnaval”.             
                          -Murilo Gomes da Costa

    Máscaras!?     

     Tirei a minha máscara,

    E comecei a pensar comigo,

    Até que ponto aguentaria

    Usá-la por viver nesse sistema?

    Não sei se seria de bom agrado

    Um lunático com eu ter o seu disfarce ao léu.

    Comecei a pensar comigo,

    Porque às pessoas agradam-lhe

     Usar tais máscaras?

    Parece que a vida torna-se mais fácil.

    Parece que nada pode lhes afetar.

    Parece que são invencíveis.

    Apenas Parece.

    Parei de pensar comigo.

    E pus de volta a minha máscara,

    Tão exigida lá fora,

    Para ser bem aceito,

    Para completar o evento,

    Para compor a grande festa,

    E fiz, então, o meu caminho

    Para O “Grande Carnaval”.             

                              -Murilo Gomes da Costa

  7. Voando solitária pelo céu ao entardecer, sente-se livre em poder percorrer as nuvens e, ao mesmo tempo, ver tudo e todos de cima. Experimenta a sensação dos ventos que a acariciam. Presa pelo o que seria o seu cordão umbilical, ela é guiada por seu mestre. Que leva-a do norte ao sul. Ela alegra-se ao saber que a ele pertence. Mas, desespera-se quando o fio da morte se aproxima…fim da linha.
-Murilo Gomes da Costa

    Voando solitária pelo céu ao entardecer, sente-se livre em poder percorrer as nuvens e, ao mesmo tempo, ver tudo e todos de cima. Experimenta a sensação dos ventos que a acariciam. Presa pelo o que seria o seu cordão umbilical, ela é guiada por seu mestre. Que leva-a do norte ao sul. Ela alegra-se ao saber que a ele pertence. Mas, desespera-se quando o fio da morte se aproxima…fim da linha.

    -Murilo Gomes da Costa

About me

Um pouco de fotografia e tudo o que há de poético.

(Murilo Gomes da Costa)

|